Como Investir em Ouro

19 Mar

como-investir-em-ouro

Nota: Artigo adaptado do excelente guia: Como Investir em Ouro do blog HC Investimentos

Existem basicamente 7 maneiras que um investidor pode investir em Ouro. São elas:

1. Comprar Ouro Através de Jóias

Jóias de ouro são uma opção para investimento.

No entanto, o comprador deve ficar atento a pureza da jóia.

Normalmente, elas são 18k (75% de pureza).

Raras são as jóias de 24k, sendo 99,9% de pureza.

 

2. Penhor de Jóias (Ouro)

Quem possui jóias ou barras de ouro pode utilizar o penhor como forma de capitalização.

A operação é muito mais vantajosa do que um empréstimo pessoal, por exemplo, já que a jóia serve como garantia do empréstimo feito a partir do penhor.

Esta é uma forma pouco tradicional, já que capitalização pode não ser considerada exatamente uma forma de investimento, mas resolvi colocá-la no artigo, já que envolve as barras de ouro.

 

3. Comprar Ouro através de Sites de Leilão

Sites como o Mercado Livre e o eBay oferecem oportunidades para se comprar tanto jóias como moedas e barras de ouro.

Apesar da grande variedade de opções e preços, é preciso tomar muito cuidado com a compra de ouro através desses sites, já que a informalidade é grande e a qualidade do material nem sempre pode ser confiável.

 

4. Comprar Ouro Através de Distribuidoras de Valores

Existem hoje algumas corretoras e distribuidoras de valores (DTVMs) que criam produtos a partir dos contratos e barras de Ouro de 250g, vendendo pequenas quantidades (1g a 25g) em cartões laminados e barras de diferentes tamanhos.

Os produtos são baseados na cotação do ouro do dia mais um ágio (acréscimo) definido pela distribuidora. Todos são padronizados, certificados e lacrados.

As empresas mais comuns desse segmento são a Ourominas e o Grupo Fitta (Reserva Metais).

 

5. Comprar/Investir em Ouro diretamente na BM&F Bovespa

Uma alternativa utilizada por vários investidores é comprar ouro diretamente na BM&FBovespa. Você precisará de uma conta em uma corretora de valores e deverá pagar alguns custos para realizar a operação. O ouro é de extrema qualidade, sendo de 24k (999 partes de ouro para cada 1.000 do metal).

Tipos de Contratos Oferecidos:

  • OZ1D: Ouro de 250g
  • OZ2D: Ouro de 10g
  • OZ3D: Ouro de 0,225g

Passo-a-Passo para Comprar Ouro na BM&FBovespa:

1. Abrir uma conta em uma corretora. É preciso, antes, se certificar de que a corretora está habilitada a operar o ouro.

2. Após fazer seu cadastro na corretora, você terá de assinar um contrato que permitirá você negociar na BM&F.

3. No momento da compra, você não poderá utilizar o homebroker, como faz naturalmente com ações e fundos imobiliários, mas precisará ligar para sua corretora e falar com a mesa de operações para negociar a compra do ouro.

4. Para fazer a retirada do Ouro na BM&F, você precisa negociar no mínimo o contrato de 250g (OZ1D) ou múltiplos dele. A retirada pode ser agendada através da sua corretora e pode-se também pedir a entrega em sua casa com custo adicional.

 

6. Comprar Ouro através do Banco do Brasil

O investimento é bem parecido em relação à BM&FBovespa. Vamos aos detalhes:

Tipos de Negociação

O Banco do Brasil oferece a opção de investir em Ouro Escritural (múltiplos de 25g), assim como o Ouro Lingote (250g).

Vale lembrar que em ambas modalidades é necessário ser correntista do banco e as operações podem ser realizadas em qualquer agência. Entretanto, devido à baixa procura por esse tipo de investimento é bem provável que os empregados do próprio banco desconheçam essa modalidade de investimento.

Um diferencial que o BB oferece é a garantia de recompra do Ouro vendido aos seus clientes oferecendo liquidez diária, com liquidação no mesmo dia (D+0), bastando que o Ouro adquirido pelo cliente esteja custodiado no Banco.

 

7. Fundos de Investimentos

Essa é a maneira mais simples e eficaz para investir em Ouro.

O investidor precisa apenas encontrar um fundo passivo em Ouro (que invista no mínimo 80% do patrimônio no Ouro BM&F).

Não é preciso comprar barras de ouro, nem custodiá-las em um banco ou em sua casa.

O dinheiro fica aplicado no fundo como em qualquer outro fundo.

Apesar da opção por investir em ouro através da BM&FBovespa ser interessante, ela é burocrática e necessita de muito dinheiro para negociar o OZ1D, Ouro de 250g, que possui liquidez superior ao OZ2D (10g), embora ambas sejam baixas.

Um investimento no Ouro de 250g necessita de R$ 25.000, caso o preço do Ouro esteja em R$ 100,00. Portanto, é uma maneira cara de se investir e ainda possui pouca liquidez e elevada burocracia.

Do outro lado, fundos de investimentos são extremamentes práticos e simples de investir. Basta estar associado a um banco/corretora/distribuidora e transferir o dinheiro para o fundo.

Até o dia 31/10/2012, não havia opção de investir em Ouro através de um fundo de investimento que buscasse replicar o desempenho do Ouro BM&F.

Porém, seguindo a alta demanda do mercado e buscando criar um fundo de fácil acesso, a Órama criou o Fundo Órama Ouro, que tem como objetivo ser um fundo passivo (fundo de índice) do Ouro.

Com apenas R$ 5.000 e uma taxa de administração de 0,6%, você investe em Ouro de forma simples e rápida.

Além desse fundo, a Órama oferece diversos outros fundos (passivos e ativos)com aplicacão inicial de R$ 5.000 e taxas de administrações muito baixas, o que é um ótimo atrativo para o investidor que deseja investir sem preocupações, com praticidade e tempo de sobra.

Crédito ao blog HC Investimentos pelo artigo sobre investir em ouro.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: